• Eletrotrafo

EPI’S PARA O PROFISSIONAL ELETRICISTA


O eletricista é um profissional que lida diariamente com diversas situações de risco, tais como: risco de queda, choque, ferimento por objeto perfurante ou cortante, entre outros. Para garantir sua segurança é indispensável a utilização de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Neste texto iremos esclarecer quais são os principais EPI’s necessários para a proteção deste profissional, além de sua utilidade e aplicação.

Antes de mais nada vamos deixar claro o que é um EPI.

O EPI, como o próprio nome sugere, é qualquer equipamento que tenha a função de proteger cada trabalhador, individualmente, contra algum tipo de acidente. Por exemplo: óculos, luvas, botas, protetores auriculares etc. Estes equipamentos são agrupados em categorias, citadas a seguir:


  • Proteção de cabeça: capacete, capuz;


  • Proteção dos olhos e face: óculos, máscaras;


  • Proteção auditiva: protetor auricular, abafadores;


  • Proteção respiratória: respirador;


  • Proteção do tronco: coletes;


  • Proteção dos membros superiores: luvas, braçadeiras;


  • Proteção dos membros inferiores: botas, calças.


O bom profissional deve, primeiramente, se preocupar com a própria segurança. Tomando medidas que garantam sua proteção; ao se apresentar para um orçamento, o eletricista transmitirá uma imagem de seriedade e responsabilidade com o serviço prestado, podendo ser um grande diferencial na tomada de decisão do cliente.

Afinal, quais equipamentos são obrigatórios ou indispensáveis para a segurança do profissional eletricista? Iremos esclarecer esta pergunta, na lista a seguir:


  • Luva isolante é importante atentar-se a este item, pois costumam ter limites diferentes contra descargas. Antes de comprar, verifique qual a voltagem da rede em que irá trabalhar, assim poderá adquirir o produto correto, garantindo sua segurança ou de sua equipe;

  • Manga isolante de borracha: permitem a proteção de maior parte do braço, proporcionando maior proteção em determinados serviços;

  • Capacete: em caso de riscos de choque elétrico, é indicado o uso do capacete de segurança classe B.

  • Botina de segurança: algumas opções deste EPI possuem material metálico, por isso é necessária muita atenção em sua escolha, certifique-se de que não há nenhum acessório ou acabamento metálico.

  • Cinto de segurança e travas de proteção: estes equipamentos são necessários apenas em trabalhos realizados à mais de 2 metros de altura, garantindo sua segurança contra quedas.

  • Óculos de proteção: irá proteger seus olhos contra objetos estranhos. Alguns capacetes possuem uma viseira de acrílico, que cumpre a mesma função, dispensando assim, a utilização dos óculos.

  • Vestimentas de alta tensão: calças e camisas que protegem contra arco elétrico e fogo repentino.


Sabendo identificar corretamente os EPI’s, o profissional poderá realizar seu trabalho com maior segurança e ainda, orientar seus funcionários e auxiliares. É importante destacar que, caso você possua uma empresa e uma equipe de eletricistas, é sua responsabilidade fornecer os EPI’s adequados e em perfeito estado, necessários para a segurança deste pessoal. Em contrapartida, é responsabilidade do colaborador cuidar e utilizar corretamente estes equipamentos em sua rotina de trabalho e notificar a empresa sempre que houver dano ou perda do equipamento.


Lembre-se que você possui alguém que lhee aguarda e espera recebe-lo em segurança todos os dias ao final do expediente. Por isso, use EPI e cuide-se, manter sua integridade é de extrema importância tanto para empresa, como para você e principalmente para seus familiares.

0 visualização

INSTITUCIONAL

FALE CONOSCO

(43) 3520-5000

2ª A 6ª das 8h às 18h

faleconosco@eletrotrafo.com.br

ACOMPANHE-NOS

Eletrotrafo Produtos Elétricos Ltda, pessoa jurídica brasileira de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 80.224.785/0001-15.

As imagens dos produtos são meramente ilustrativas.